Animação Sociocultural
   Lar Rainha D. Leonor
   C.A.O. e Lar Residencial
   Lar de S. Paio
   Casa de Repouso de Donim
   Recolhimento das Trinas
   Centro de Solidariedade Humana Prof. Emídio Guerreiro


“Animar é dar vida…é suscitar ou activar um processo vital, pelo qual o sujeito ou grupo se afirma e avança… a animação é uma acção que passa necessariamente pelo interior do ser, por conseguinte, pelo interior de uma liberdade.” Henry Thery

O espaço “Animação sociocultural” pretende que seja o libertar e o combater de vários problemas inerentes a esta fase etária, como sejam: a solidão, o abandono, os medos, a inércia, a falta de auto-confiança, a perda da independência, a perda da autonomia, a ausência da alegria de viver e o desfrutar da vida. A organização de actividades lúdicas tem como objectivo favorecer o desenvolvimento pessoal e contrariar os défices de memória, mobilidade e relações com o exterior, bem como contactar com o mundo exterior, permitindo a descoberta de capacidades até aí desconhecidas.

Estimular os utentes, no campo criativo, captando as suas experiências de vida, criando objectos, que pela sua simplicidade e pureza, traduzem as suas capacidades adormecidas. Ao iniciar cada trabalho, verifica-se uma certa dificuldade, que vai sendo ultrapassada gradualmente na execução do mesmo. É gratificante ver-se que os utentes se sentem bastantes realizados e mais confiantes na tarefa realizada com o fruto do seu trabalho. Além de estas actividades proporcionarem uma ocupação dos seus tempos de lazer, promovem o convívio e partilha de experiências. As actividades realizadas são propostas mediante as solicitações do grupo-alvo e desenvolvem-se ao longo das épocas festivas: Natal, Carnaval, Páscoa, Primavera, Férias, etc. Abrangem diferentes áreas. De salientar: Expressão Plástica; Passeios; Caminhadas; Ginástica; Expressão Musical e Musicoterapia, Expressão Corporal, entre outras.

É objectivo desta prática os utentes poderem partilhar ideias e experiências entre si. Nesta partilha o convívio e as relações inter-pessoais sairão mais fortes e produtivas.

A organização de actividades lúdicas tem como objectivo favorecer o desenvolvimento pessoal, contrariar os défices de memória, mobilidade e relações com o exterior, promover o convívio e fomentar a qualidade de vida dos idosos, prevenindo o isolamento social.


Departamento Sociocultural
António José Pinto de Matos

amatos.asc@scmguimaraes.com